Royalties de petróleo em junho na região Norte Fluminense

Receita de royalties chega com crescimento de 4,95% em junho com relação ao mês anterior na região Norte Fluminense, aproveitando ainda a valorização do dólar de 1,21% em abril. A moeda americana se desvalorizou em 0,91% em maio e 1,23% em junho, fato que impactará nas receitas dos meses seguintes. Apesar desse sopro de evolução, a receita presente é muito inferior a receita de junho de 2014, período antes da crise.

A receita de royalties da região Norte Fluminense representou 26,44% da receita total do estado do Rio de Janeiro em junho presente. Essa mesma participação em junho de 2014 era de 42,05%. Já a participação da região em relação ao total dos municípios no país chegou a 15,54% em junho de 2019, contra uma participação de 22,20% em junho de 2014.

Olhando a movimentação dos royalties nos municípios de Maricá e Niterói, beneficiários do pré sal, podemos verificar a pujança desta atividade na Bacia de Santos e, consequente, a queda de produtividade do pós sal da Bacia de Campos.

A receita de royalties em Maricá em junho de 2014 atingiu de R$10,4 milhões, evoluindo para R$57,3 milhões em junho deste ano, ou seja, um crescimento nominal de 451,0% no período. Em Niterói o crescimento foi de 400,0% no mesmo período.

Alcimar das Chagas Ribeiro
About Alcimar das Chagas Ribeiro 834 Articles
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*