Emprego formal desacelera na região Norte Fluminense em junho

O emprego formal desacelerou na região Norte Fluminense em junho. Foram geradas 232 novas vagas contra 2.079 vagas em maio. Campos e Macaé conduziram a desaceração. Enquanto Campos gerou 458 vagas em junho, contra 1.342 em maio, Macaé eliminou 852 vagas no mês. São João da Barra manteve a dinâmica com geração de 507 vagas, em função do processo de construção da termoelétrica no porto do Açu. No acumulado do semestre, a região gerou 6.836 vagas com liderança de Campos com 3.228 vagas geradas, sendo 1.874 vagas no setor agropecuário, 762 vagas no setor de serviços, 741 vagas na industria de transformação e 134 vagas na construção civil. O comércio eliminou 263 vagas no semestre.

Macaé gerou 725 no semestre, sendo 1.372 no setor de serviços e 1.182 vagas na construção civil. A indústria de transformação eliminou 1.548 vagas, o setor extrativa mineral eliminou 144 vagas e o comércio eliminou 107 vagas.

Já São João da Barra gerou 1.809 vagas no semestre, sendo 1.635 vagas na construção civil e 298 vagas no setor de serviços. A indústria de transformação eliminou 115 vagas e o comércio eliminou 23 vagas no período.

Alcimar das Chagas Ribeiro
About Alcimar das Chagas Ribeiro 789 Articles
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*