Emprego formal na região Norte Fluminense em setembro

O emprego formal evoluiu levemente na região Norte Fluminense em setembro com a criação de 182 novas vagas de trabalho, contra 160 vagas criadas em agosto. São João da Barra obteve o maior saldo de 218 vagas criadas no mês, seguido por Campos dos Goytacazes com 130 novas vagas criadas e Quissamã com 35 novas vagas no mês.  Cardoso Moreira eliminou 116 vagas  e São Francisco de Itabapoana eliminou 92 vagas de emprego no mês. Aspectos como a desaceleração da safra de cana-de-açúcar e reinicio de obras civis no âmbito porto do Açu tem influencia nos resultados.

No acumulado de janeiro a setembro, Campos dos Goytacazes ainda apresenta o melhor resultado com 2.895 vagas criadas no ano, distribuídas no setor agropecuário com 2.288 vagas; no setor de serviços com 490 vagas; e na indústria de transformação com 446 vagas. Os resultados negativos ficaram por conta do comércio que eliminou 518 vagas e da construção civil que eliminou 469 vagas de emprego o ano.

Já Macaé, gerou 648 novas vagas de emprego no ano, sendo 1.202 vagas na industria de transformação e 690 vagas no setor de serviço. A construção civil eliminou 897 vagas e o comércio eliminou 253 empregos no ano.

Em São João da Barra, o resultado é positivo em 1.229 vagas distribuídas no setor de construção civil com 979 vagas e no setor de serviços com  203 vagas criadas. O comércio, na contra mão, eliminou 12 vagas no ano.

Finalmente, o município de São Francisco de Itabapoana gerou 1.083 vagas de emprego no ano, distribuídas na agropecuária com 1.004 vagas; no setor de serviços com 34 vagas e na construção civil com 30 vagas no ano.

Alcimar das Chagas Ribeiro
About Alcimar das Chagas Ribeiro 487 Articles
Economista, Mestre e Doutor em Engenharia de Produção. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*