Maio registra avanço do emprego na região Norte Fluminense e queda no estado

Emprego formal avança na região Norte Fluminense em maio, puxado pelo inicio da safra da cana-de-açúcar. Foram geradas 2.079 vagas de trabalho no mês, sendo 1.342 vagas em Campos, 860 vagas em São Francisco de Itabapoana e 172 vagas em São João da Barra. Macaé eliminou 337 vagas no mês. No acumulado de janeiro a maio, foram criadas 6.604 vagas de emprego, com liderança de Campos dos Goytacazes que respondeu, proporcionalmente, com 41,9% do total, seguido por Macaé com 23,9%; São João da Barra com 19,7% e São Francisco de Itabapoana com 14,0% do total.

Setorialmente, a construção civil predomina com a geração de 1.635 vagas em Macaé, 1.182 vagas em São João da Barra e 112 vagas em Campos, no acumulado do ano. No setor de serviços, foram geradas 1.439 vagas em Macaé, 748 vagas em Campos e 257 vagas em São João da Barra. O setor agropecuário gerou 1.649 vagas em Campos dos Goytacazes e 919 vagas em São Francisco de Itabapoana no ano. Importante observar que esse setor teve uma participação de 59,5% no emprego total de Campos, no acumulado do ano, enquanto que a participação em São Francisco de Itabapoana chegou a 99,4% do total de empregos gerados no ano.

O estado do Rio de Janeiro eliminou 4.289 vagas de emprego em Maio e eliminou 8.066 vagas no acumulado do ano. O país criou 32.140 novas vagas em maio e criou 325.997 novas vagas no acumulado do ano.

Como podemos observar, a economia do estado ainda patina com resultados frágeis na atividades industrial e na geração do emprego.

Alcimar das Chagas Ribeiro
About Alcimar das Chagas Ribeiro 765 Articles
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*