Municípios produtores da BC receberam R$1,2 bilhão de royalties no primeiro semestre de 2021

Municípios produtores de petróleo da Bacia de Campos receberam R$238,8 milhões de royalties em junho, acumulando uma renda de R$1.220 milhões no primeiro semestre de 2021. Esse valor acumulado representou 33,36% do total distribuído em todo o estado do Rio de Janeiro e 21,66% em relação ao total distribuído aos municípios do país.

Macaé ficou com a maior parcela de R$401,4 milhões, seguido por Campos dos Goytacazes com a parcela de R$200,3 milhões, Cabo Frio com R$126,9 milhões e Armação de Búzios com R$106,2 milhões no período.

Na comparação com o primeiro semestre de 2014, ano em que ocorreu uma forte crise com queda acentuada do preço do barril de petróleo, pode se verificar uma substancial desaceleração das mesmas transferências na Bacia de Campos. Neste ano a participação relativa atingiu 58,1% em relação a parcela distribuída para os munícipios do estado do Rio de Janeiro e 31,68% em relação a parcela distribuída para os municípios do país. Podemos afirmar que a perda de capacidade relativa da Bacia de Campos, no tocante a geração de royalties, foi de 15,65% e em relação ao total distribuído no estado e 7,61% em relação ao total distribuído para os munícipios no país, considerando o mesmo período.

Alcimar das Chagas Ribeiro
Sobre Alcimar das Chagas Ribeiro 1823 Artigos
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*