Perdas reais de rendas petrolíferas nos municípios da bacia de Campos em 2020

Municípios produtores de petróleo da Bacia de Campos experimentaram uma forte queda das rendas petrolíferas nos últimos seis anos. Observando a variação real em 2020 com base em 2014, ano da crise internacional que derrubou pela metade o preço do barril de petróleo, Campos dos Goytacazes foi o município que mais perdeu receitas, ou seja, sofreu uma retração de 84,94% no período. Os municípios de Rio das Ostras e São João da Barra, vem logo a seguir com perdas de 78,50% e 75,43% sucessivamente. No âmbito da bacia, o único munícipio que contabilizou aumenta das rendas de petróleo foi Arraial do Cabo, em função da sua localização geográfica nas proximidades da Bacia de Santos com forte produtividade na produção em águas profundas do pré-sal.

Alcimar das Chagas Ribeiro
Sobre Alcimar das Chagas Ribeiro 2105 Artigos
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*