Produção e produtividade leiteiras melhoram em Campos em 2018

O IBGE divulgou dados sobre a pecuária municipal relativos a 2018. Os dez maiores produtores de leite no estado figuram no gráfico acima. Valença lidera com uma produção 33.689 mil litros, seguido por Campos dos Goytacazes com uma produção de 33.477 mil litros e Resende com 32.670 mil litros no ano. Na comparação com 2017 a maior evolução ocorreu em Campos que atingiu um crescimento na produção de 29,37%, seguido por Resende com crescimento de 8,18% e Valença com crescimento de 3,0% em 2018. Com contribuição negativa, a liderança ficou São Fidélis que viu a sua produção leiteira cair 17,43% em 2018 com base em 2017, seguido por Bom Jesus de Itabapoana com queda de 9,74% e Cantagalo com queda de 2,91% no mesmo período. A evolução no estado foi positiva em 0,60% em 2018 com base em 2017.

A produtividade, entretanto, apresenta destaque em Barra Mansa que atingiu 2.692,22 litros por vaca em 2018, seguido pelo município de Rio Claro com uma produtividade de 2.015,77 litros e Valença com 1.544,8 litros vaca ano.

Com produtividade inferior, aparecem os municípios de Bom Jesus de Itabapoana com produtividade de 989,49 litros, Itaperuna com 899,40 litros e Cantagalo com 844,88 litros vaca ano. Campos melhorou bem a produtividade em 2018 alcançando 1.356,44 litros contra 1.080,01 litros em 2017. Ou seja a produtividade cresceu 25,6% em 2018 com base em 2017.

Alcimar das Chagas Ribeiro
Sobre Alcimar das Chagas Ribeiro 874 Artigos
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*