Região Norte Fluminense fecha o ano de 2019 com 8,3 mil novas vagas de emprego

O emprego formal desacelerou em dezembro último na região Norte Fluminense. Foram gerados 79 novas vagas no mês, contra 454 em novembro. Campos dos Goytacazes teve uma participação importante, já que eliminou 133 vagas concentradas no setor de serviços. São Francisco de Itabapoana veio logo a seguir com a eliminação de 50 vagas, puxada pelo setor agropecuário.

No acumulado o ano, a região gerou 8.337 vagas de emprego, lideradas por São João da Barra que contribuiu com 35,80 % seguido por Macaé com participarão de 35,03% e Campos dos Goytacazes com participação de 25,66% do total.

Setorialmente, os serviços lideram com 4.747 vagas no ano. Macaé gerou 3.423 vagas, Campos 788 gerou vagas e São João da Barra gerou 536 no acumulado do ano.

A construção veio a seguir com a geração de 2.461 vagas. Destas, São João da Barra gerou 2.547 vagas e Campos 82 vagas. Macaé eliminou 168 vagas no ano.

O comércio gerou 1.012 vagas. Campos gerou a maior parcela de 788 vagas, seguido por Macaé com geração de 236 vagas e São João da Barra com 39 vagas geradas no setor em 2019.

O estado do Rio de Janeiro gerou 13,6 mil vagas de emprego, enquanto o País gerou 644 mil novas vagas de emprego em 2019.

Alcimar das Chagas Ribeiro
Sobre Alcimar das Chagas Ribeiro 1088 Artigos
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*