Royalties avançam em novembro na região Norte Fluminense

As receitas de royalties vieram aumentadas em novembro na região Norte Fluminense, em função da boa valorização do barril de petróleo em setembro (base de cálculo para novembro). O preço do barril ficou próximo da média de US$80 o barril. Com isso a região recebeu R$123,3  milhões, valor acrecido de 7,76% em relação a outubro. Quissamã teve um acréscimo de 11,98% seguido por Carapebus com 9,7%, Macaé com crescimento de 7,48%¨, São João da Barra com 6,5% e Campos com menor crescimento de 5,69% no mês. No fechamento do ano esse crescimento não se repetirá, já que em outubro, mês base de cálculo de dezembro, o preço do barril de petróleo desvalorizou 12,15% no mês.

No acumulado a região recebeu R$1,2 bilhão, liderado por Macaé com participação de 44,44%, Campos dos Goytacazes com participação 34,93% e São João da Barra com participação de 8,68% no período de Janeiro a novembro.

Os royalties do pré-sal, na Bacia de Santos, que beneficiam Maricá e Niterói no estado do Rio de Janeiro, mantém forte crescimento. Maricá já recebeu esse ano R$461,3 milhões, enquanto Niterói recebeu R$406,8 milhões no mesmo período. O crescimento da receita em novembro ficou em torno dos 17% em relação ao mês anterior.

Alcimar das Chagas Ribeiro
About Alcimar das Chagas Ribeiro 517 Articles
Economista, Mestre e Doutor em Engenharia de Produção. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*