Síntese semanal: mercado reage a sinais controvertidos da política

O mercado voltou a se assustar durante a semana em função de episódios políticos. Pontos de sensibilidade na relação entre os poderes Executivo e Legislativo, a decisão da Procuradoria Geral da República de prorrogar o inquérito sobre propina envolvendo o presidente da Câmara e a Odebrecht e a provável intervenção do executivo na Petrobrás envolvendo o cancelamento do reajuste do óleo diesel, ofuscaram a emissão de sinais de confiança, fato imediatamente percebido pelo mercado. Como resultado, as ações da Petrobrás perderam R$32,4 bilhões, o índice IBOVESPA caiu 4,36% e o dólar valorizou 1,01%, depois da desvalorização de 0,08% na semana anterior.

Alcimar das Chagas Ribeiro
Sobre Alcimar das Chagas Ribeiro 916 Artigos
Economista, mestrado e doutorado em Engenharia de Produção e Pós-doutorado em Economia. Professor da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro - UENF

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*